Páginas

Pesquisa Google

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 15 de março de 2013

Árvores e formigas

Árvores e formigas - uma parceria e tanto

" 'Estava tentando quebrar um dos galhos da árvore quando centenas de formigas começaram a correr para fora de pequenas aberturas no tronco, cobriram-me completamente, dominaram minha pele com suas mandíbulas e enterraram seus ferrões em meus músculos. Devo confessar que depois disso um horror misterioso invadia-me toda vez que cruzávamos com uma dessas árvores.'
O relato acima é de um botânico alemão, sobre um ataque de formigas ocorrido em 1844, em expedição na floresta Amazônica.
Plantas que hospedam (abrigam) formigas, geralmente em partes ocas de caules e galhos, podem ser encontradas em vários ecossistemas. A diversidade é notavelmente alta na Amazônia, onde são registradas cerca de 230 espécies. Nas árvores hospedeiras, as formigas encontram um ambiente ideal para construir seus ninhos e ficam protegidas contra o ataque de animais e se alimentam delas.
A árvore, por sua vez, também fica protegida pelas formigas, que atacam e repelem muitos animais herbívoros.
Experimentos em que formigas foram retiradas das árvores mostraram, em dois meses, um grande aumento nos danos causados às folhas por animais herbívoros.
As relações de ajuda entre seres de espécies diferentes são muito mais comuns nas florestas tropicais do que se imaginava até pouco tempo. Muitas dessas relações são fundamentais para a sobrevivência e reprodução das espécies envolvidas."

Fonte:
LAPOLA, David M.;VASCONCELOS, Heraldo L. e BRUNA, Emílio M. Amizade tênue.
Ciência Hoje, v.34, n.204, maio de 2004. p.28-33 (Adaptado para fins didáticos)
IN:Ciências - 5ª série - O Meio Ambiente p.34
Carlos Barros e Wilson Paulino
São Paulo: Editora Ática, 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário